Culto à carga: os homens que viraram deuses

No Pacífico, primeiro contato com civilização fez figuras ocidentais serem adoradas como deuses; tribos ainda aguardam o retorno de militares com rádios, remédios, comida enlatada, dinheiro e Coca-Cola. Quais são os mecanismos envolvidos no processo e o que podemos aprender com tais seitas?

O último post desta categoria foi publicado HÁ MUITO TEMPO numa galáxia muito distante. Eu gosto muito de escrever aqui, por vezes sobre temas não tão ligados à astronomia. (Se você já viu outros destes textos, sabe que às vezes fujo um pouco para esses temas que também acho interessantes. Se ainda não, te convido a olhar o arquivo.) Infelizmente não tenho tido tempo suficiente para que os vários rascunhos cheguem à publicação. Este permaneceu como rascunho por bastante tempo.

Sem delongas, vamos para as ilhas da Melanésia, ao nordeste da Austrália, onde ocorre desde o Século XIX o culto à carga. Este fenômeno aconteceu a partir do contato de nativos com a civilização. Um exemplo deste culto são as pistas de pouso construídas pelos nativos na crença de que aparecerão aviões trazendo bens materiais ocidentais – carga. Calma, existe um significado profundo nisso, muito além da afeição pelas comodidades capitalistas.

008dd4de1a47f143f3adbbed324e48e5

Continuar lendo Culto à carga: os homens que viraram deuses

EMCA divulga edital de processo seletivo 2017

Escola oferece 81 vagas para curso gratuito de manutenção de aeronaves, considerado o melhor do país. Inscrições vão de 12 de setembro a 14 de outubro.

A Escola Municipal de Ciências Aeronáuticas (EMCA), de Taubaté, SP, divulgou o edital de seu processo seletivo 2017.

A escola oferece gratuitamente um curso técnico de manutenção de aeronaves com dois anos de duração apontado como o melhor do país. Os profissionais formados pela EMCA destacam-se nas organizações onde atuam e isso se reflete no feedback extremamente positivo que a escola recebe das organizações em várias regiões do Brasil.

Os aprovados no processo seletivo poderão matricular-se em uma das três habilitações técnicas conforme regulamentação da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) conforme a nota obtida na prova: Célula (estruturas, sistemas hidráulicos, pneumáticos, etc.), Aviônica (sensores, instrumentos, sistemas elétricos, etc.) ou Grupo Motopropulsor (motores). São 27 vagas para cada habilitação.

Continuar lendo EMCA divulga edital de processo seletivo 2017

Dawn mapeia crateras de Ceres onde água pode se acumular

Regiões que nunca recebem luz direta do Sol podem reter gelo de água. Processo semelhante já foi observado na Lua e em Mercúrio.

Cientistas da missão Dawn, da NASA, identificaram regiões permanentemente na sombra no planeta anão Ceres. A maioria dessas áreas provavelmente foram frias o bastante para reter gelo de água por um bilhão de anos, sugerindo que depósitos de gelo poderiam existir lá agora.

“As condições em Ceres são certas para acumular depósitos de gelo de água”, disse Norbert Schorghofer, investigador convidado da Dawn na University of Hawaii em Manoa. “Ceres tem apenas massa suficiente para segurar moléculas de água e as regiões permanentemente sombreadas que identificamos são extremamente frias – mais frias que a maioria que existe na Lua ou em Mercúrio.”

Estas regiões não recebem luz solar direta. Tipicamente, estão localizadas no fundo de crateras ou em uma seção da borda da cratera de frente para o polo. Ainda recebem luz solar indireta, mas se a temperatura ficar abaixo de -151 °C, a região é uma “armadilha fria” (cold trap) – um bom lugar para gelo de água se acumular e permanecer estável. Armadilhas frias foram previstas para Ceres não haviam sido identificadas até agora.

Continuar lendo Dawn mapeia crateras de Ceres onde água pode se acumular

Juno: equipe começa a ligar instrumentos científicos

Sonda terá seu ponto de órbita mais próximo de Júpiter em 27 de agosto. Em 19 de outubro, será feita manobra para iniciar órbita para operações científicas.

Cientistas e engenheiros trabalhando na missão Juno, da NASA, estão aprontando a nave – que foi lançada em 5 de agosto de 2011 e chegou a Júpiter na terça-feira (05/07/2016) – para suas operações científicas ao redor do planeta. Para entrar em órbita, o propulsor principal foi acionado por 35 minutos.

Como planejado, a sonda enviou várias comunicações na terça-feira e energizou cinco de seus instrumentos científicos na quarta (6). O plano é energizar os outros antes do fim do mês. Eles foram desligados dias antes da inserção orbital. A equipe da Juno planejou uma curta correção de trajetória para a próxima quarta (13) para redefinir a órbita.

“Antes do lançamento, cinco anos atrás, planejamos data e hora para a queima inserção orbital em Júpiter e a equipe acertou na mosca”, disse Rick Nybakken, gerente de projeto da Juno no Jet Propulsion Laboratory (JPL), da NASA, em Pasadena, na Califórnia. “Estamos em nossa órbita plenejada de 53,4 dias. Agora estamos focando em nos prepararmos para nossa quarta e última queima de motor, que nos colocará em nossa órbita científica de 14 dias em 19 de outubro.

Continuar lendo Juno: equipe começa a ligar instrumentos científicos

Juno chega a Júpiter

Sonda viajou quase 3 bi km em quase cinco anos. Dados científicos serão coletados mais cedo do que o planejado.

Após uma viagem de quase cinco anos ao maior planeta do Sistema Solar, a sonda Juno, da NASA, entrou na órbita de Júpiter com um acionamento de propulsor por 35 minutos. A confirmação foi recebida às 12h53 de Brasília desta terça-feira (05/07/2016).

“O Dia da Independência é sempre algo para celebrar, mas hoje podemos adicionar ao aniversário da América outra razão para alegria – a Juno está em Júpiter”, disse o administrador da NASA Charlie Bolden. “E o que é mais americano que uma missão da NASA indo audaciosamente onde nenhuma espaçonave fora antes? Com a Juno, investigaremos os desconhecidos dos cinturões de radiação massivos de Júpiter para explorar não apenas o interior do planeta, mas como Júpiter nasceu e como o sistema solar inteiro evoluiu.”

cmtdtm3uiaatxhc
Concepção artística da sonda Juno próxima a Júpiter (Foto via Discover Magazine)

Destino  A confirmação do êxito da inserção orbital foi recebida a partir dos dados de rastreamento da Juno monitorados no centro de navegação do Jet Propulsion Laboratory (JPL), em Pasadena, Califórnia, e no cento de operações da Juno na Lockheed Martin em Littleton, Colorado. A telemetria e os dados de rastreamento foram recebidos pelas antenas da Deep Space Network em Goldstone, Califórnia, e Camberra, Austrália.

Continuar lendo Juno chega a Júpiter

Vc Entrevista (TV Câmara Taubaté): Eduardo Oliveira

Fui entrevistado no dia 21 de junho de 2016 por uma equipe da TV Câmara Taubaté (interior paulista) para o programa Vc Entrevista. No programa, pessoas enviam perguntas a serem feitas a um entrevistado.

De forma geral, foram perguntas sobre ufologia – e fui apresentado como ufólogo – mas temas relacionados também foram abordados, como astrobiologia, títulos de ficção científica, teorias “viajantes” de conspiração e como filtrar tudo isso.

Infelizmente, pelo limite de tempo do programa, a edição não pode deixar as respostas na íntegra.

O player não funciona?

Continuar lendo Vc Entrevista (TV Câmara Taubaté): Eduardo Oliveira

Vivência Espírita: Marco Petit, Mauro Baère e Eduardo Oliveira

Programa teve perguntas do público respondidas pelos entrevistados. Petit e Oliveira palestraram em evento ufológico neste sábado em SJC.

Neste domingo (22/05/2016), membros do Grupo de Estudos Ufológicos “19 de Maio” estiveram pela segunda vez no programa Vivência Espírita. Participou também o ufólogo Marco A. Petit, autor de oito livros e co-editor da Revista UFO.

Mauro Baère, coordenador do “19 de Maio”, Eduardo Oliveira, membro do grupo, e Petit foram convidados do programa, que encaminhava aos entrevistados perguntas feitas pelo público.

O player não funciona?

Petit e Oliveira foram os palestrantes do IV Encontro Ufológico do Vale do Paraíba, realizado pelo GEU na noite anterior na Câmara Municipal de São José dos Campos. No domingo anterior (15), Oliveira e Baère estiveram no Vivência Espírita divulgando o evento.

O Vivência Espírita vai ao ar ao vivo aos domingos das 8h às 10h pela Rádio Piratininga de São José dos Campos, 750 AM, por seu site, por seu canal no YouTube e por seu aplicativo.

9 ANOS!

%d blogueiros gostam disto: