Comandante de complexo posta fotos no Twitter. Ele voltará à Terra com dois tripulantes na próxima semana.

Imagine olhar pela janela à noite e ver as luzes de Paris enquanto a neblina rasteja por Londres e as auroras dançam no horizonte.

A maioria de nós, ligada à Terra, nunca terá esta vista espetacular. Mas, agora, podemos ver em segunda mão, graças ao astronauta da NASA que vem compartilhando estas deslumbrantes fotos a partir da Estação Espacial Internacional (ISS) pelo Twitter.

Douglas Wheelock (@Astro_Wheels), comandante da tripulação atual da ISS, compartilhou esta fantástica imagem das luzes do norte, Londres e Paris à noite.

Fotografia a partir da ISS mostrando a Europa e auroras à noite (Foto: Douglas Wheelock)

"Aurora Borealis à distância nesta bela noite sobre a Europa", escreveu Wheelock sobre a imagem. "É incrível ver as luzes das cidades e pequenas vilas contra o pano de fundo do espaço profundo."

Wheelock também tirou esta fotografia, que mostra claramente a Flórida numa noite clara e calma.

Florida à noite, fotografada da ISS (Foto: Douglas Wheelock)

"A península da Flórida e sudoeste dos E.U.A. no tipo de noite do qual mais sinto falta no nosso planeta", escreveu. "Uma clara noite de outono com luar sobre a água e o céu preenchido com um bilhão de estrelas."

Nesta imagem espetacular, o Rio Nilo e seu delta, com as luzes de incontáveis moradias, parecem uma flor se curvando na brisa calma. "Uma vista noturna do Rio Nilo serpenteando pelo deserto egípcio em direção ao Mar Mediterrâneo e Cairo no delta do rio."

Nilo fotografado da ISS (Foto: Douglas Wheelock)

"Um contraste forte entre o deserto desolado e sem vida do norte da África e o Rio Nilo abundando em vida por suas margens."

Esta última foto mostra as bordas orientais do Mar Mediterrâneo e suas margens cheias de cidades antigas.

A porção leste da região do Mediterrâneo, visto da ISS (Foto; Douglas Wheelock)

"Uma noite clara estrelada sobre o fim oriental do Mar Mediterrâneo", escreveu o astronauta. "Terras antigas com milhares de anos de história se estendendo de Atenas, Grécia, por todo o caminho em volta do Med[iterrâneo] até Cairo, Egito."

O fluxo de fantásticas fotos de Wheelock irá secar em breve. Ele chegou à ISS em junho e seu tempo por lá está quase terminando – ele deve retornar à Terra na próxima semana com Shannon Walker, também astronauta da NASA, e o cosmonauta russo Fyodor Yurchikhin. O trio deve pousar na nave russa Soyuz TMA-19 nas estepes do Cazaquistão em 25 de novembro.

Pelos tweets de Wheelock, ficou claro que ele apreciou a vista espetacular de sua janela pelos últimos cinco meses – e que partir será doloroso de alguma forma.

"Vou sentir falta de nosso mundo maravilhoso."

 

Anúncios