Australiano publicou documentos secretos. Revelação foi feita em entrevista pela internet promovida por periódico britânico.

Julian Assange, australiano que ganhou notoriedade mundial por publicar documentos secretos, disse que relatórios que mencionam OVNIs ainda irão vazar no site WikiLeaks.

A declaração veio em uma das respostas de Assange durante uma entrevista virtual com internautas promovida pelo jornal britânico The Guardian nesta sexta-feira (03/12/2010).

"Senhor Assange, alguma vez já foram encaminhados para o senhor documentos que tratassem do tema UFO ou extraterrestre?", perguntou o internauta identificado como "achanth".

"Muitos nos mandam e-mails sobre isso ou sobre como descobriram que eram o anti-cristo enquanto conversavam com sua ex-mulher em uma festa no jardim sobre um vaso de plantas. Contudo, não satisfazem duas de nossas condições de publicação: 1) o documento não pode ter sido escrito por ele próprio; 2) devem ser originais", respondeu Assange.

"Contudo, vale destacar que nas partes do ‘cablegate’ que ainda não foram publicadas há, sim, referências a OVNIs", acrescentou, em referência ao conjunto de mais de 250 mil documentos diplomáticos que o WikiLeaks começou a publicar em 28 de novembro.

Na mesma entrevista, Assange garantiu que, mesmo que ele venha a sofrer algum tipo de ataque ou violência, há mecanismos que garantem a sobrevivência do material do qual ele dispõe. "O arquivo do Cable Gate foi espalhado, junto com material significante dos EUA e de outros países, para mais de 100 mil pessoas, de forma encriptada. Se alguma coisa acontecer conosco, as partes fundamentais serão publicadas automaticamente", afirmou.

 

Anúncios