Documento dita normas a serem seguidas por naves comercias contratadas após aposentadoria dos Ônibus. FAA também quer normas.

Empresas visando assumir o trabalho de levar astronautas da NASA (Administração Nacional de Aeronáutica e Espaço) à Estação Espacial Internacional têm novas orientações a seguir. A agência divulgou um documento de 39 páginas esboçando o que será necessário para certificar sistemas comerciais de transporte de tripulações.

A NASA que qualquer nave levando seus astronautas sejam mais seguras do que o Ônibus Espacial, que se aposenta este ano apos duas, talvez três, missões. O documento afirma que o risco de perder a tripulação durante o lançamento ou o pouso em uma nave fornecida comercialmente não deveria ser maior do que 1 em 1000. Também menciona sistemas de acionamento manual e alguns recursos operacionais remotos.

A NASA não é á única entidade governamental visando certificar veículos espaciais para voos comerciais. A FAA (Administração Federal de Aviação) possui uma supervisão espacial que não envolve a NASA. Espera-se que a FAA, que está querendo desenvolver normas similares, siga de perto a liderança da NASA nesse esforço.

O documento, intitulado Commercial Crew Transportation System Certification Requirements for NASA Low Earth Orbit Missions (Requisitos para Certificação de Sistemas Comerciais de Transporte de Tripulações para Missões de Baixa Órbita Terrestre da NASA), está aqui.

Anúncios