Estranho corpo foi encontrado em 2003 em igreja em cidade abandonada. Documentário mostra pesquisas, feitas na Universidade de Stanford.

Tido como alienígena mumificado, o corpo de um pequeno ser humanoide encontrado há quase dez anos no Chile é uma mutação humana. A descoberta foi anunciada no documentário "Sirius", que estreou nos Estados Unidos na segunda-feira (22/04/2013).

Muitos defendiam que o esqueleto de 15 cm pertencia a um extraterrestre que havia visitado a Terra em tempos remotos. Para outros, era algum descendente de macaco ou restos de um aborto.

Estranho corpo humanoide encontrado em 2003 no Chile (Foto via SeuHistory.com)

Os especialistas dizem que o pequeno esqueleto certamente tem muitas das características, que consideramos parecidas com o que acreditamos ser a forma dos aliens, em particular, uma grande cabeça ofuscando um corpo pequeno.

O cadáver é do sexo masculino, tem dentes duros, cabeça ovalada com uma protuberância e, diferentemente dos seres humanos, possui nove costelas. Seu tamanho não ultrapassa 15 centímetros. Segundo seu descobridor, seu corpo era escamoso e de cor escura.

Descoberta Segundo um jornal local de 19 de outubro de 2003, o corpo foi descoberto por Oscar Muñoz em agosto daquele ano enquanto procurava por objetos de valor em uma igreja abandonada na em La Noria, uma cidade fantasma no Deserto do Atacama, a 56 km de Iquique e próxima a antigas minas de sal. O ser estava envolto em um pano branco amarrado com uma fita violeta.

O primeiro a fotografá-lo foi Alejandro Dávalos, outro coletor a quem Muñoz mostrou a criatura. Dávalos enviou suas fotografias à AION, uma entidade de estudos ufológicos. Poucos dias depois da descoberta, Muñoz voltou a Iquique e vendeu o esqueleto por apenas 30 mil pesos chilenos (cerca de R$ 110,00) a um conhecido empresário da cidade, um cliente para quem vendia os objetos que encontrava.

Segundo pesquisas, Ata seria mutação humana (Foto via SeuHistory.com)Segundo Mario Pizarro, representante da AION, o corpo poderia ter sido vendido por 80 milhões de pesos (cerca de R$ 300.000,00). O novo proprietário do esqueleto cobrou 500 mil e 750 mil pesos para tirar uma e duas fotografias respectivamente.

O "Humanoide do Atacama" logo foi apelidado de "Ata" e, pouco tempo após o caso ficar famoso, o canal de TV chileno Chilevisión fez uma reportagem completa a seu respeito. Vários ufólogos e interessados em fenômenos paranormais chegaram à região. Um dos primeiros foi Rodrigo Fuenzalida, líder da AION e que trabalhava para a emissora Canal 13, que desmentiu que a criatura poderia ser um extraterrestre.

Assim que viu as imagens de Ata, o biólogo Walter Seinfeld, chefe de biologia marinha da Universidad Arturo Prat, não teve dúvidas de que se tratava de um mamífero – e quase com toda a certeza de um humano abortado.

Cenas de “Sirius” mostrando pesquisas com Ata

Conclusões  "Depois de seis meses de pesquisa, conduzida por cientistas de renome na Universidade de Stanford, o Humanoide do Atacama permanece um mistério profundo", disse Steven Greer, médico fundador do Disclosure Project.

"Nós viajamos para Barcelona, ​​Espanha, no final de setembro de 2012 e obtivemos Raios X detalhados e colhemos amostras genéticas para testes na Universidade de Stanford. Obtivemos excelente material DNA, dissecando cirurgicamente o humanoide."

Radiografia de Ata feita em Barcelona em 2012 (Foto via SeuHistory.com)

No documentário, é mostrado que uma amostra de DNA da medula óssea foi analisada por cientistas de Stanford, na Califórnia. Eles concluíram que era uma "mutação interessante" de um ser humano do sexo masculino, que tinha sobrevivido pós-parto entre seis e oito anos.

"Eu posso dizer com absoluta certeza que não é um macaco. É humano – mais próximo do humano do que os chimpanzés. Ele viveu até a idade de seis a oito anos. Obviamente, ele estava respirando, comendo, metabolizando. Vale perguntar o quão pequena essa coisa era quando nasceu“, disse Garry Nolan, diretor de Biologia de Células-tronco na Escola de Medicina da Universidade de Stanford.

"O DNA conta a história e nós temos as técnicas de computação que nos permitem determinar, em muito pouco tempo, se, na verdade, ele é humano como todos nós, ou se ele é uma mutação a partir de nós", diz Nolan, que realizou os testes de DNA.

Crânio de Ata; pesquisas concluiram tratar-se de mutação humana (Foto via SeuHistory.com)

Filme  "Sirius" é uma produção de financiamento em massa (crowdfundind) e explora o tema ufológico, a divulgação de arquivos secretos sobre OVNIs e a investigação de tecnologias de propulsão de energia que civilizações extraterrestres avançadas que poderiam estar usando para viajar para a Terra.

Com base em dados recolhidos ao longo dos últimos 20 anos por Greer, "Sirius" mostra como e por quê essas tecnologias estão sendo suprimidas em favor da manutenção do sistema petroquímico.

Trailer de “Sirius”

Além da estreia em Hollywood, houve um lançamento limitado nos cinemas e de home video sob demanda.

 

Noite Sinistra, SeuHistory.com, Wikipedia

Anúncios