Projeto é liderado pelo MIT. Lançamento deve ser em 2017.

Um novo telescópio espacial deve descobrir planetas habitáveis fora do Sistema Solar em alguns anos. Em 2017, a NASA planeja lançar o Satélite de Pesquisa de Exoplanetas em Trânsito (Transiting Exoplanet Survey Satellite, TESS) – um projeto liderado pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (Massachusetts institute of Technology, MIT)

O TESS fará uma pesquisa de dois anos em todo o céu procurando por planetas potencialmente habitáveis em estrelas próximas. Os pesquisadores poderão estudar em detalhes os planetas descobertos. A ideia é analisar o exoplaneta no momento de trânsito, quando ele passa na frente de sua estrela, criando um tipo de eclipse.

Segundo George Ricker, principal pesquisador do TESS, o telescópio fará o primeiro levantamento de trânsito espacial, cobrindo uma área 400 vezes maior do céu do que qualquer missão anterior. "Ele vai identificar milhares de novos planetas na vizinhança solar, com um foco especial em planetas comparáveis em tamanho à Terra", disse Ricker em entrevista ao Universe Today.

Animação do TESS (Foto: MIT)

Em 2018, outro telescópio deve ser lançado: Telescópio Espacial James Webb (James Webb Space Telescope, JWST). Ao contrário do TESS, James Webb vai procurar por planetas através de luz infravermelha, podendo encontrar corpos fora do alcance da luz visível. Uma vez que ambos os telescópios estiverem operantes, suas informações combinadas podem ajudar a determinar se os planetas descobertos podem sustentar vida.

O foco do TESS é encontrar exoplanetas habitáveis próximos à Terra. Para que os pesquisadores consigam estudar exoplanetas a ponto de saberem se são habitáveis, é preciso que eles estejam a no máximo cerca de 50 anos-luz da Terra.

 

R7

Anúncios