Meta de “vaquinha” é arrecadar US$ 250 mil para buscar por vida no planeta. Sonda será lançada “de carona”.

A organização sem fins lucrativos Explore Mars quer desenvolver uma sonda para buscar por sinais de vida em Marte.

O projeto ExoLance quer encontrar uma maneira eficaz e barata para encontrar vida em Marte,  com o principal objetivo de custar US$ 250 mil – arrecadados por crowdfunding, vaquinha via internet.

Para fazer isso com um investimento baixo, o ExoLance deve ser levado ao espaço “de uma carona” em um foguete de outra espaçonave.

Um dos participantes do ExoLance é Gilbert Levin, físico que trabalhou na NASA nos anos 70 e desenvolveu campanhas internas para a exploração do planeta vermelho.

O projeto ainda está na fase de arrecadação de fundos e a campanha está atraindo investidores pelo site Indiegogo.

Depois que os US$ 250 mil forem arrecadados, está programado para que os primeiros protótipos estejam prontos para serem testados em até 14 meses.

A cápsula criada pela Explore Mars com diversos mísseis seria solta na atmosfera de Marte e, antes de pousar na superfície, lançaria esses projéteis para diferentes direções. O míssil principal, ao tocar o chão do planeta, perfuraria a superfície utilizando uma enorme furadeira e ficaria fixo em uma única região, recebendo os sinais dos outros mísseis.

A equipe do ExoLance diz que o projeto deve se tornar realidade até 2018, quando agências espaciais pretendem lançar seus foguetes com sondas para Marte e, assim,  dando carona para a criação deles.

Anúncios