Única escola pública de astronomia da América Latina completa 56 anos este mês. Atividades gratuitas começarão ao meio-dia e é preciso se inscrever.

A Escola Municipal de Astrofísica (EMA) “Prof. Aristóteles Orsini”, na capital paulista, completará 56 anos em 2017. A EMA é a única escola pública de Astronomia da América Latina e desde a sua inauguração, em 25 de janeiro de 1961, já realizou quase setecentos cursos e centenas de palestras e observações, fazendo parte da história de diversos professores e entusiastas atualmente espalhados por todo o Brasil.

A EMA foi criada para atender ao público que, estimulado pelas sessões do Planetário do Ibirapuera, desejava cursos mais aprofundados. “Na época não havia disciplinas que envolvessem a Astronomia nos currículos escolares, era grande a escassez de livros de boa qualidade escritos em português e existiam poucos espaços não-formais voltados para o ensino e divulgação da Astronomia”, conforme nota da EMA.

Foi então criado o projeto da EMA – um prédio que funciona como um centro de ensino e que abriga instrumentos astronômicos. Uma série de dispositivos didáticos voltados à Astronomia (Rosa-dos-Ventos, Esfera Armilar, Relógio Solar) são parte integrante do projeto arquitetônico da escola, idealizados para dar suporte às atividades educacionais desenvolvidas pela EMA e pelo Planetário do Parque Ibirapuera.

O Auditório foi equipado com equipamentos necessários para aulas, palestras, conferências, mostras de vídeo, pequenas representações teatrais e apresentações musicais. Possui assentos removíveis o que torna o ambiente multiuso.

Atualmente a EMA possui um corpo de técnicos, professores e estagiários que desenvolvem diversas atividades voltadas ao público, como observações solares regulares, observações do céu noturno com telescópios, cursos de astronomia básica e avançada, palestras e exposições, sendo uma referência no ensino gratuito da Astronomia para o público geral e para as escolas.

Nas comemorações de aniversário, no dia 25 (quarta-feira), haverá uma mesa-redonda com figuras ilustres da história da instituição, como os irmãos Irineu Varella e Paulo Varella, observações e uma oficina de confecção e lançamento de foguetes. Todas as atividades são gratuitas, mas é preciso inscrição prévia.

Programação:

  • Exposição de documentos históricos da EMA, no saguão;
  • 12h: Observação da fotosfera solar com telescópios equipados com filtros adequados;
  • Das 14h às 16h: Oficina de manuseio de telescópios;
  • Das 16h às 18h30: Construção e lançamento de foguetes por crianças, usando
    materiais recicláveis;
  • Das 18h30 às 19h: Atração musical;
  • Das 19h às 20h30: Mesa redonda – “56 anos da Escola Municipal de Astrofísica: um encontro de gerações”.
  • Das 20h30 às 22h: Observação celeste com telescópios (dependendo das condições meteorológicas).

Mais informações pelos sites http://www.prefeitura.sp.gov.br/planetarios e http://www.prefeitura.sp.gov.br/astronomia e pelo telefone (11) 5575 5206. A EMA fica no Parque do Ibirapuera, na Av. Pedro Álvares Cabral, no Jardim Luzitânia.

Anúncios